Campanha pelo voto nulo/não vote

Novamente chegamos ao período eleitoral, momento em que a classe dominante coloca seu bloco na rua na tentativa de legitimar a democracia burguesa em acordo com a população através do voto.

 As mesmas caras de sempre aparecem para pedir nosso voto com milhares de promessas apenas da boca para fora, iludindo a população com discursos bonitos, mas que em bem da verdade mascaram as tramas obscuras que ocorrem nos parlamentos.

Uma vez que os políticos profissionais ganham nossos votos e ascendem ao parlamento, desaparecem as preocupações com a população, esvaziam-se os diálogos sobre os  problemas cotidianos, pois os mesmos só aparecem no período eleitoral para pedir nosso voto.

Por outro lado, uma dita esquerda também aparece no período eleitoral com seus candidatos prometendo que se chegarem ao parlamente vão fazer diferente. Dizem eles: vamos abrir os espaços para diálogo com a população, vamos fazer isso, vamos fazer aquilo. Mas será que existem espaços de diálogos transformadores e revolucionários no interior dos mecanismos da democracia burguesa ou o que eles prometem é apenas mais do mesmo?

 Nós do coletivo A FAVOR DA RUA acreditamos que em contraponto ao circo eleitoral armado pela burguesia, a classe explorada pelo capitalismo deve colocar seu bloco na rua através da auto-organização em busca da superação das condições de exploração atual.

Acreditamos que é na prática que as formas de consciência do ser social se desenvolvem, e não o contrário, como muitos ditos de esquerda pretendem.  Nesse sentido, defendemos a participação direta dos explorados pelo capitalismo nas decisões sociais, pois entendemos que a representação é uma caricatura de participação nos moldes burgueses.

Como isso, estamos puxando a campanha Vote Nulo ou Não Vote, pois entendemos que as eleições enquanto mecanismo burguês de dominação social não contribuem com o avanço das formas de consciência dos explorados pelo capitalismo em direção a emancipação humana, mas apenas colaboram com a permanência das formas de exploração social atual.

 

 

 

 

 

     VOTE NULO!      

 

E agora trabalhador? E agora desempregado?

Trabalhamos 8 horas por dia, vivemos de migalhas

Dinheiro escasso, o que ganhamos não da para viver

Arroz, Feijão, Macarrão e Carne, só uma vez por mês

A moradia tá precária

O transporte está ruim, só vive lotado

Vivo a beira da escravidão e ainda querem que eu reafirme todo meu sofrimento

Elegendo os patrão.

 

E agora juventude, como é que é?

Prometeram educação, trabalho, saúde, mas só tem repressão

Na cidade e no campo tão matando nossos irmãos

E agora copa do mundo, tem dinheiro de montão

Mas para população pobre, já falaram em remoção

Esses representantes, essa democracia, não leva a lugar nenhum não

Para pensar em um futuro melhor, só na luta mermão

Outra sociedade é possível

 

Uma coisa eu lhe digo, não é elegendo partido que a sociedade vai mudar não

PT, PSDB, PV, PSB, PCB, PC do B, PSOL, PSTU, junta tudo, não dá um

Para mudança de verdade, só com auto-organização

Seja no local de trabalho, seja no bairro

Pensar na transformação é o caminho mermão

Votar nulo é um passo para nossa afirmação

Auto-gestão generalizada, esse é o objetivo

E que venha a revolução.

                                                                            

  

Pela auto-organização dos trabalhadores nos locais de trabalho.


Pela auto-organização nos bairros.
  

 

Pelo fim da representação política burguesa. 

Pela construção da revolução dos trabalhadores
.

 

Abaixo o capitalismo!

Coletivo A favor da rua – http://afavordarua.webnode.com.br

 

Tópico: Campanha pelo voto nulo/não vote

Não votar

Odair favarin | 03/12/2017

Político para mim e que nem merda, não serve para nada a não ser botar no trabalhador. Se quero dinheiro vou trabalhar. Votar para que políticose não fazem nada para o povo a não ser só quererem ganhaR.

Voto nulo

ITAMIR | 29/09/2016

Nunca votei nulo achando que estava votando nos candidatos corretos ,hoje vejo que nada foi mudado principalmente para nossa gente por isso mesmo eu vou aderir e vou votar 999999 para anular o meu voto em protesto e todo o tipo de manifestação
Que seja contra estes políticos profissionais que sempre prezam pela suas famílias e no bem estar e conforto deles próprios,e não da nação brasileira

REORGANIZAÇÃO SOCIAL

Samuel oliveira | 03/12/2015

O sistema político atual está falido e somente uma revolução social
será capaz de mudar o Brasil.
meu email é? acremarj@gmail.com

ilusão do sufrágio

Marcus Leite | 19/09/2014

Para entender: o sufrágio universal legitima todos os atos que procedem das autoridades constituídas e garantidas pelo voto. Pressupõe-se que estas autoridades e seus atos representam a vontade da maioria. É escolher quem vai escolher por você aquilo que você jamais escolheria !!

criminosos oficializqdos

bernardino | 30/08/2014

O que ocorre hoje e que o crime organizado chegou ao poder publico em sua totalidade não só no Brasil mas no mundo todo, se não temos um regime comunista de fato e de direito temos então um regime comunista disfarçado de democratico , mas a real que ainda e pior pois os poderosa chefões mandam e são
Protegidos pelos magistrados que destorcem a lei quando e para protejer os desmandos dos bandidos oficializados que são os políticos, quando o povo vai as 4uas protestar entra em ação os capangas que são os militares para bater no povo ou seja para politico bandido não tem lei nem autoridade mas para o cidadão comum tem os politi cós as autoridades judiciárias e os militares e policiais, o que precisamos e de uma verdadeira revolução popular

nao ao voto

Edmir dos santos | 18/06/2014

Já uns vinte anos que eu nao voto e participarei de todas as companhas desse tipo que aparecer. o que já era ruim ficou pior e vai piorar pq a (naçao) maioria gosta de ser roubada.

VOTE NULO

Alessandro | 16/06/2014

O Código Eleitoral Brasileiro (Lei nº 4.737/art. 224) diz que:

“Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do estado nas eleições federais e estaduais, ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações, e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias

Agora é o momento de dizermos que não estamos representados , o momento de acabar com tudo que esta acontecendo e que sempre aconteceu é votando nulo.
Não ajude essa raça a se perpetuar no poder

Não existe candidato honesto, há duas característica no politico brasileiro, ou ele é corrupto ou ele é omisso,
não temos obrigações de dar emprego com salários altíssimos a ninguém, desde que foi declarado o voto, muita gente ficou rico do dia para a noite, e ninguém vai preso por roubar o governo, o máximo que acontece e se afastar do gargo e depois gastar a vontade o dinheiro roubado. Por isso vamos convencer a população a votar nulo, pois todos os candidatos que estão escritos, não poderão mais se candidatos, já que foram rejeitados pela população, VOTA NULO BRASIL
Hitler, Mussolini e Pinochet, em quem você votaria? Pois é , isso é anular o voto, Não podemos simplesmente votar por votar, se não existe candidato que você confia , anule seu voto , você tem este direito

Re:VOTE NULO

Iris | 16/09/2016

Olha o prefeito da minha cidade teve menos votos do que os nulos e essas novas eleições não rolaram.
Mas continuo não votando e acreditando na auto-organização popular

Eleições

Oseas (de Brasília) | 10/09/2010

Na prática, como vocês vêem as diferenças entre o voto nulo puxado por bolcheviques e o voto nulo libertário na formação da consciência proletária?

Re:Eleições

Átila | 03/10/2010

De fato sua indagação é muito boa e digna de muitos debates. iniciemos o mesmo. Como é de nosso conhecimento, no atual momento várias são as organizações que se autointitulam como bolcheviques e dessas várias são as que estão inseridas no contexto de acharem que é através do sulfrágio universal, das eleições, que é por dentro das instituições que haverá uma mudança radical para a vida das pessoas. (fato pouco provável).
Já uma pequena parte dos que se intitulam como Bolcheviques propõem o voto nulo, mas de forma programática, ou seja, desacretida na política e nos partidos que ai estão, mas não a negam por completo, visto que acreditam que o seu partido seria uma forma de representação dos trabalhadores, desempregados etc. em um outro contexto. Desta forma entendemos que esta forma de puxar o voto nulo, pouco contribui para a formação da classe trabalhadora, visto que está não propõe a autogestão, a autoorganização por parte dos trabalhadores para superarem o capital(ismo). Pelo contrário, eles preferem eleger iluminados que irão dar o norte para a classe trabalhadora seguir, lhes tirando a autonomia da qua Marx defendia ao afirmar: "A emancipação dos trabalhadores é obra dos próprios trabalhadores"
Karl Marx

Com seu posicionamento os bolcheviques, esquecem que é na luta diária, na organização dos trabalhadores, que eles tomam a consciência de sua luta contra o sistema. Ao invés disso acham que vão implantar uma consciência de classe de maneira quase que por osmose. Acho que este é em parte o pensamento do grupo, mas esperemos que os demais se manifestem. o debate está aberto para todos que se sentirem a vontade.

Novo comentário